sexta-feira, 29 de julho de 2011

Se Você Me Amasse...

Se você me amasse
Eu também te amaria

Você me faria feliz
Enquanto noite, noite e dia
E não precisaria me lembrar todo tempo que me amava
Pois de qualquer jeito ou até mesmo sem jeito, eu já saberia
Eu traria uma música e inverteria
E ela daria tudo de si, de ti e de mim
Eu sou a melodia que não se acabaria
A melodia que ficaria na tua cabeça numa melodramática simpatia

E você não se enjoaria, nem eu
E a noite não teria fim
E eu cantaria para você dormir
Ninguém poderia nos acordar
Seria um enigma para mim
Seria uma alegria insone
Seria uma alegria saber viver, amar

Você me faria feliz
Seria a luz contra a escuridão
A minha escuridão, e eu cederia
Você iluminaria todo meu quarto escuro
Você repetiria aquela melodia, a minha melodia
Durante a noite, durante o dia,
Enquanto noite, noite e dia
Você faria eu repetir sem aniquilar sua boa vontade

Você me faria feliz
Uma felicidade que nunca atrofiar-se-ia
Usaria até uma mesóclise e quatro ênclises para mostrar-te
O que eu não sou, mas tentaria ser por você
Eu não sou palavras, embora amando-lhes
Pelas palavras, não daria para mostrar o sentimento que teria por ti
Se você me amasse. Me amasse. Amassasse-me. Me amasse.
Sou uma simples bolinha de papel desprentenciosa. Modele-me.

Você me faria feliz
E eu colocaria o céu numa caixa, e toda noite eu abriria
Eu abriria nossa caixa secreta e sairia de lá um imenso monstro
Um monstro de amor, um monstro de felicidade, eu te faria feliz também
Embora meu jeito esquisito de ser ou não ser ao mesmo tempo
Eu tentaria tudo por você! Eu te amaria
Mesmo depois de acabada a sinfonia
Sangraria, sangraria, mas coagularia tudo, e você me deixaria marcas

E nosso amor acabaria...
...Voltaria...
.Acabaria.
...
Voltaria...
...Acabaria. ... ... ...
... ... ... ... ... ...
... ... ... . . . ... ...
.
... Voltaria! ... Acabaria ... Voltaria
Morreria... Renasceria...
E eu não te entederia, pois não seria preciso entender o que seria sensível
Pois o sensível não se entende mesmo! Não é necessário entender para sentir!
Apenas sentimos, e sentir são dois goles: um de vida e outro de morte
E eu beberia, beberia sentir, beberia tu, beberia nós, beber-te-ia (outra mesóclise pateta)

Se você me amasse
Eu te amaria
Seria incrível
Nosso amor mesmo depois da morte da esperança

Meu amor é puro, honesto, sincero,
Meu amor é louco e são, simples e complexo, caixa aberta e fechada, luz e escuridão, sombrio e divino
Meu amor é bobo, inocente, idiota,
Meu amor é montanha e mar, terra e oceano, palavra e imagem, melodia e melonoite, simfonia e nãofonia
Meu amor é paz, alegria, felicidade,
Meu amor é vida e morte, ferro e voz, fogo e água, hoppípola e með blóðnasir, vespertino e medúllico

Seu amor seria como você seria para comigo, não precisaria mudar

Você me faria feliz
Você seria o meu vício
Um vício bom, e eu não saberia o que seria fim ou início
Minha rocha matriz mudaria de cor; sairia de mim e passaria a ser dois
Dois, recebendo e dando amor, amor de troca, amor de confiança, amor de amor
Seria uma pessoa melhor, seria uma pessoa pior, um pouco mais louco
Só você saberia o tudo ou o nada que eu poderia ser
E eu saberia sua música preferida, seu gosto mais esquisito, nossa cor

Se você me amasse
Eu também te amaria
Não importaria cor,
religião, crença ou sexo

Se você me amasse
Você me faria triste
Para me acostumar com a sua ausência
Mas ao mesmo tempo, você teria que me fazer feliz
Para saber rir e chorar ao mesmo tempo

Se você me amasse
Você não me deixaria aqui sozinho, até o raiar do novo dia
Pois no novo dia eu não te esqueceria, pois (in)felizmente, ainda te amaria
E ainda amando, eu saberia que eu não estaria sendo amado
Mas tudo isso, se você me amasse

Se você me amasse
Se você me amasse


Ass.: Lucas Wagner!

P.S.: Eu não sei ao certo se amo ou não amo, quem sabe?
Acho que não sei amar. Mas não é algo para saber.
Amar é amar. Amar é respeitar dobrado. Amar é sentir.
A vida é uma oportunidade para se aprender a amar.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Blooming

i love when you bloom...
and we stay here
only watching your dance,
only watching you love,
only watching you cry,
only watching you die again
and again and again and again
and again and again and... i
love to watch you bloom and
you love to burn in my hand,
you love to burn in my mouth,
you love to burn in my head,
in my eyes, in my body,
in my heart, in my soul...
i love when i bloom
and we'll do good fruits
and we'll recycle Earth
and we'll recycle life
and we'll recycle death
we're just in bloom